O interior de Portugal será o novo destino de luxo em Portugal

O interior de Portugal será o novo destino de luxo em Portugal

Reading Time/ Tempo de leitura: 2 minutes/minutos

A  região Centro do país – ou interior – tem tudo para se tornar o próximo destino «de luxo» de portugueses e estrangeiros, é esta a convicção de Pedro Machado, presidente do Turismo Centro que agrupa cem municípios daquela região do país.

Pedro Machado, em declarações à Lusa, considerou que o interior do país, em especial a zona Centro, é um produto turístico valioso e com futuro, uma vez que está longe de esgotar o vasto leque da sua oferta – e pode mesmo vir a tornar-se um destino turístico de excelência.

E deu o exemplo dos jovens, vindos de centros urbanos, que cada vez mais escolhem os concelhos do interior para fundar e dinamizar empresas turísticas, em ramos tão diferentes quanto a hotelaria, o turismo ativo (cicloturismo, pedestrianismo, marcha de montanha, ‘rafting’) ou o turismo cultural e religioso.

«Os melhores percursos para este tipo de atividades estão no interior do Centro do país», disse o presidente daquela entidade à Lusa, acrescentando que a fixação dessa mão-de-obra qualificada, por outro lado, ajuda também a estancar o processo de despovoamento das localidades dessa região.

«O turismo está a cumprir no Centro o seu papel no combate à desertificação e às assimetrias. Com atitude, novos produtos, novos mercados, apostando na qualidade do serviço e na competitividade dos produtos diferenciados», sintetizou Pedro Machado.

O turismo religioso de raiz judaica que tem sido acolhido em Tomar, Belmonte, Trancoso e outras zonas da serra da Estrela – atraindo pessoas de todo o mundo interessadas em conhecer as sinagogas dos chamados judeus marranos – foi dado como um exemplo desses produtos turísticos diferenciados que têm feito a região crescer.

O responsável defendeu que a região Centro foi um dos principais contribuidores para o número recorde de visitantes registado no país em 2017 – mais de 24 milhões de turistas e um crescimento de cerca de 12% ao ano.

Para qualquer informação sobre emigração, investimentos imobiliários e empresas, entrar em contato com Renato Leal pelo whatsapp +351.910937387.

 

Artigo de André Rosa – Revista Evasões de 11/12/2018

Foto: Maria João Gala   Local: Quinta da Rebaçosa, Castro Daire

Comments

comments

Deixe uma resposta